OverClock
Quinta, 12 de Dezembro de 2019

O passo a passo para você criar o seu próprio game Quinta, 12 de Dezembro de 2019

O passo a passo para você criar o seu próprio game
game

Todo aficionado por game já ponderou como seria criar o seu. A mecânica, a narrativa, as estratégias e o gameplay. Controle total da criação, da gestão e do desenvolvimento de um mundo cheio de ideias e interativo. Mas toda ideia megalomaníaca – mesmo que seu jogo seja simples – requer bastante planejamento, sistema de metas e pés no chão. 

Existem alguns passos que você precisa mapear primeiro antes de começar a botar a mão na massa, de um jeito que não te complique fazer uma mudança de curso com o barco já na água. São as diretrizes do jogo, os fundamentos inalteráveis dele, que vão te ajudar a poli-lo sempre com um norte, com uma identidade e um direcionamento.

Primeiro de tudo, defina uma mecânica

Essa é a parte que você define as regras de jogabilidade. Como o jogo irá funcionar. É como você vai fazer com que um jogador não queira sair do seu game. Toda mecânica bem projetada é aquela que prende o player no controle, seja pela facilidade de atirar, pela agilidade de andar, pular, correr, pelos poderes que você pode utilizar, se seu objetivo é ultrapassar obstáculos, escapar de inimigos ou vencer um chefão ao término de cada fase.

Mas para definir todas essas regrinhas do jogo, você primeiro tem que definir uma categoria para ele. Seu jogo será de ação? De aventura? Estratégia? RPG, esporte, simulação? Definido o gênero, você vai para a parte mais prática, como sua física, quantas fases ele terá, qual seu objetivo em cada fase, se ele será online ou offline, single ou multiplayer.

Regras estabelecidas, defina uma narrativa

Assim como um livro ou um filme, um jogo de sucesso tem uma boa história por trás dele. É aí que entra mais um importante elemento de game design: a narrativa.

Na narrativa você precisa caracterizar os detalhes do enredo. Personagem principal, vilão, os personagens secundários, o cenário onde o jogo passa, em que tempo ele passa. Para criar seu primeiro jogo, não é obrigatório fazer uma história mirabolante, você pode apenas definir o básico de uma narrativa coesa para que o jogador entenda o objetivo daquilo que ele esteja fazendo.

O próximo passo é tecnologia do jogo

O jogo será 2D ou 3D? Qual linguagem de programação será usada? Quais plataformas seus jogos irão rodar? Você pode optar por programá-lo ou pode usar ferramentas de desenvolvimento que não precisam de tanto conhecimento em programação.

As linguagens de programação mais usadas são: Javascript, C#, C++, Java e Python. Com elas você pode criar qualquer jogo, seja Mobile, PC ou videogame. Já as principais game engines do mercado para criar um jogo são: Unity, RPG Maker, Unreal, KODU Game Lab, CryENGINE, 001 Game Creator, Godot engine, XNA Game Studio Express, Game Maker, Construct2 e Roblox.

Quer se capacitar para se tornar um desenvolvedor de games?

O Gizmodo Brasil, em parceria com a Udemy – a maior plataforma de cursos livres do mundo -, selecionou algumas oportunidades para você que quer se capacitar nessa área. O melhor de tudo? Com um preço superacessível!

A Udemy entende a dificuldade do brasileiro conseguir investir em sua educação. Mais do que isso, entende a falta de tempo, a rotina, a ansiedade e as oportunidades que ficam para trás devido a distância imposta por cursos longos e com custos fora do padrão.

Se você ficou interessado sobre as linguagens de programação e as game engines que mencionamos, confira os cursos Guia Definitivo para Desenvolvimento de Jogos com Unity; Aprendendo a criar games com C++ e a Unreal Engine 4; Torne-se um desenvolvedor de jogos com Game Maker Studio 2!; Aprenda a Criar Jogos com Construct 2 – 10 Cursos em 1; Crie jogos profissionais 100% de graça com a Godot 3.0; e Programação em Scratch para Crianças! Crie 9 Jogos Completos. Aproveite, pois a Udemy está com preços especiais: cursos a partir de R$ 23,99 até o dia 14/12.

Você terá acesso a todos os diferenciais da plataforma, como aquisição vitalícia ao conteúdo, que é constantemente atualizado; você não arca com mensalidade – apenas realiza um pagamento único no boleto ou cartão; e ganha certificado de carga horária e conclusão de curso. Além disso, você também tem garantia de satisfação de 30 dias ou recebe o seu dinheiro de volta. 

A Udemy

Sediada em São Francisco, Califórnia, a Udemy oferece mais de 130.000 cursos online e já tem mais de 40 milhões de estudantes. O Brasil conta com um dos cinco escritórios da empresa no mundo, na cidade de São Paulo. Com a missão de melhorar vidas através da aprendizagem, a Udemy é o destino para aprendizado online que ajuda pessoas, empresas e governos a adquirir as habilidades necessárias para competir na Nova Economia. 

The post O passo a passo para você criar o seu próprio game appeared first on Gizmodo Brasil.


Compartilhe: https://tinyurl.com/yx79e8js