OverClock
Sexta, 27 de Janeiro de 2023

Nova falha no James Webb interrompe pesquisas científicas da NASA Sexta, 27 de Janeiro de 2023

Nova falha no James Webb interrompe pesquisas científicas da NASA
Nova falha no James Webb interrompe pesquisas científicas da NASA

A NASA revelou que o Telescópio Espacial James Webb está com um novo problema técnico ainda não resolvido que está impedindo o observatório de realizar suas pesquisas astronômicas.

O problema começou no último dia 15 de janeiro, quando o instrumento NIRISS (sigla em inglês para “Sensor de Imagem Infravermelho Próximo e Espectrógrafo sem Fendas”) experimentou um atraso de comunicação. Segunda a agência, a falha fez com “que o seu software de voo expirasse”.

O instrumento é usado para fazer detecções de luz, caracterização de exoplanetas, bem como estudar o trânsito de planetas em outros sistemas estelares. Engenheiros da NASA e da CSA (Agência Espacial Canadense) estão trabalhando juntos para determinar a origem da falha e corrigir o problema.

A NASA ressalta que não há indicação de qualquer perigo para o telescópio espacial, com todos os seus outros instrumentos estando em “boa saúde”. Contudo, a falha obrigou a agência a reagendar as observações científicas que estavam programadas.

Esta é a segunda falha instrumental enfrentada pelo James Webb desde o seu lançamento, em dezembro de 2021. Em agosto do ano passado, uma espécie de engrenagem do MIRI (Instrumento de Infravermelho Médio) começou a apresentar sinais de fricção, o que fez a NASA diminuir o seu uso temporariamente, enquanto criava novos procedimentos para usar o equipamento com mais segurança.

Além das falhas em instrumentos, o telescópio espacial também enfrentou em dezembro uma falha de software que colocava o James Webb em modo de segurança repetidamente, interrompendo as observações científicas. Os engenheiros da agência identificaram um problema no sistema de controle de posição do observatório, que controla para qual direção o telescópio é apontado. As operações voltaram à normalidade alguns dias depois, após a correção de software.

O James Webb está localizado a cerca de 1,5 milhão de quilômetros da Terra, no chamado ponto Lagrange 2 – uma região de equilíbrio gravitacional entre o nosso planeta e o Sol. Devido a sua grande distância, ele não pode receber missões de manutenção, como ocorria com o Hubble, por exemplo.

A expectativa da NASA é que o telescópio tenha uma vida útil de cerca de 10 anos. Além da natural deterioração dos seus equipamentos, o James Webb é alvejado regularmente por radiação espacial, tempestades solares e micrometeoroides.

The post Nova falha no James Webb interrompe pesquisas científicas da NASA appeared first on Giz Brasil.


Compartilhe: https://tinyurl.com/2facdcvp