OverClock
Terça, 23 de Outubro de 2018

NASA recupera giroscópio do Hubble que estava sem funcionar há sete anos Terça, 23 de Outubro de 2018

NASA recupera giroscópio do Hubble que estava sem funcionar há sete anos

No início de outubro, o telescópio espacial Hubble precisou entrar em modo de emergência após mais um de seus giroscópios apresentar problemas. No total, o telescópio possui seis giroscópios, sendo capaz de se manter estável por longos períodos de observação com um mínimo de três funcionando — e com este último defeituoso, o Hubble se viu com apenas dois giroscópios operantes, o que inviabilizou seu bom funcionamento.

A NASA, então, disse que iria tentar recuperar um giroscópio que apresentou problemas anteriormente, tendo sido desativado, mas que, em teoria, poderia voltar à vida. Dito e feito: a agência espacial conseguiu retomar o funcionamento deste giroscópio que estava parado há sete anos.

Agora, "a equipe de operações do Hubble planeja executar uma série de testes para avaliar o desempenho do giroscópio sob condições semelhantes às encontradas durante observações científicas rotineiras, incluindo a mudança de alvos, o bloqueio de um alvo e a execução de precisão", declarou a agência. Depois de tais testes, é esperado que o telescópio espacial retome suas operações normalmente.

Vale lembrar que o Hubble está na ativa desde 1994, tendo sido lançado em 1990, mas começando a funcionar devidamente só quatro anos depois porque apresentou um problema em seu enorme espelho. Após o reparo, o telescópio espacial começou a registrar as belíssimas imagens do espaço que tanto nos admiram. A NASA esperava que o Hubble funcionasse por pouco mais de 10 anos; contudo, ele se mostrou um verdadeiro guerreiro, superando adversidades mesmo no ano de 2018. Quem substituirá o Hubble em sua missão de continuar fotografando galáxias, nebulosas e demais objetos espaciais será o telescópio espacial James Webb, que deve ser lançado em 2021.


Compartilhe: http://tinyurl.com/yc53vtkn