OverClock
Sexta, 27 de Janeiro de 2023

Os maiores esnobados do Oscar 2023 | Veja quem ficou de fora da premiação Sexta, 27 de Janeiro de 2023

Os maiores esnobados do Oscar 2023 | Veja quem ficou de fora da premiação

Como aquecimento para a premiação do Oscar 2023, a Academia já divulgou os nomes dos concorrentes à estatueta mais cobiçada do cinema. Entre os títulos, a ficção científica Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo, dos diretores Daniel Kwan, Daniel Scheinert, liderou a lista com 11 indicações. Outros longas como Elvis, Tár, Pantera Negra: Wakanda e Os Fabelmans também receberam indicações. No entanto, algumas produções de sucesso ficaram de fora, surpreendendo a todos.

Um dos filmes mais esnobados do Oscar 2023 foi A Mulher Rei, lançado em setembro de 2022 e dirigido por Gina Prince-Bythewood. O drama de ação foi protagonizado pela aclamada Viola Davis e era esperado que ela recebesse uma indicação na categoria Melhor Atriz, ou que a obra aparecesse pelo menos em Melhor Figurino. Mas, ao contrário disso, o filme foi esnobado e acabou não sendo indicado a nenhuma categoria.

Apesar do bom resultado nas bilheterias, A Mulher Rei ficou de fora os Oscar. (Imagem:Reprodução/TriStar Pictures)

Além dele, outras ausências também surpreenderam, como do filme dirigido por Jordan Peele, Não! Não Olhe!. Pensando nisso, o Canaltech preparou esta lista com os principais filmes que foram esnobados no Oscar 2023.

-
Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!
-

Melhor Direção

James Cameron

Apesar de poder comemorar a indicação de Avatar: O Caminho da Água à categoria Melhor Filme, Cameron não foi cotado para disputar a estatueta de Melhor Diretor.

 

Baz Luhrmann

Outro diretor que também ficou fora foi Baz Luhrmann. Ele ainda tem chances de ver Elvis consagrado como o Melhor Filme de 2023, mas não concorre à Melhor Direção.

 

Sarah Polley e Gina Prince-Bythewood

As duas diretoras, de Entre Mulheres e A Mulher Rei, respectivamente, também ficaram de fora da disputa de Melhor Direção. Não é novidade que a Academia tem uma certa preferência por diretores homens, mesmo que na última edição as mulheres tenham predominado na categoria. Ainda assim, o machismo e o racismo, mesmo em 2023, são algo presente — e velado — nas escolhas dos indicados.

 

Melhor Ator

Tom Cruise

Na categoria Melhor Ator, boa parte do público sentiu falta de ver o nome de Tom Cruise, que em 2022, apareceu nas telonas em Top Gun: Maverick, filme que ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão (cerca de R$ 5 bilhões) em bilheteria mundial.

 

Paul Dano

Outro ator que não apareceu na lista foi Paul Dano, que estrelou o longa The Fabelmans, dirigido por Steven Spielberg, e interpretou o pai do protagonista. Sua ausência surpreendeu grande parte do público.

 

Melhor Atriz

Viola Davis

Saindo dos atores esquecidos no Oscar e indo para as atrizes, é inegável que a ausência de Viola Davis impactou a audiência. Além de ser um nome de peso, a atriz entregou um trabalho primoroso ao dar vida à general Nanisca em A Mulher Rei.

O filme conta a história do Reino de Daomé e da tribo Agojie, um grupo de mulheres guerreiras que se une para lutar contra as tribos inimigas e contra os colonizadores europeus.

 

Mia Goth

Outro nome que não apareceu na lista dos indicados e surpreendeu negativamente muita gente foi o da atriz Mia Goth, que viveu a protagonista Pearl no filme de mesmo nome. Apesar do longa ser de terror — gênero que não agrada à Academia —, era esperado que ela recebesse uma indicação pela sua boa performance na tela.

 

Danielle Deadwyler

A atriz Danielle Deadwyler, que protagoniza Till: A Busca por Justiça, também foi elogiada pelo seu trabalho em frente às câmeras. Ela deu vida à ativista Mamie Elizabeth Till-Mobley, mãe de Emmett Till, um garoto de 14 anos que foi morto em 1955 após ter sido acusado de ofender uma mulher branca. Esperava-se que Danielle fosse indicada ao prêmio de Melhor Atriz, mas isso não aconteceu.

 

Melhor Filme

Não! Não Olhe!

Depois do sucesso de Corra! e Nós, do diretor Jordan Peele, as expectativas para Não! Não Olhe! eram altas, e o filme realmente agradou o público comum e a crítica especializada, conseguindo bons resultados no Rotten Tomatoes. Mas isso não foi suficiente para ele ser indicado ao Oscar, e dessa vez ficou fora da disputa.

 

A Mulher Rei

Como já falamos aqui, depois do êxito de A Mulher Rei nos cinemas, era esperado que o filme ganhasse alguma indicação ao Oscar, no entanto ele acabou sendo deixado de lado.

Com uma história emocionante e necessária, e com atuações primorosas de boa parte do elenco, o longa escrito por Dana Stevens arrecadou mais de US$ 90 milhões (aproximadamente R$ 450 milhões), e se consagrou como um sucesso de bilheteria, agradando ao público, mas não à Academia.

Babilônia

Lançado no início de 2023, Babilônia até conseguiu algumas indicações ao Oscar, mas apenas nas categorias Melhor Design de Produção, Melhor Figurino e Melhor Trilha Sonora Original. Em Melhor Filme, o longa ficou a ver navios e não teve chance de ganhar uma estatueta.

 

Melhor Filme Estrangeiro

Decisão de Partir

Um dos títulos internacionais mais cotados para disputar a categoria era Decisão de Partir, um longa sul-coreano que foi destaque no Festival de Cannes de 2022.

A trama conta a história de Hae-joon (Park Hae-il), um jovem inspetor dedicado ao trabalho que vê sua vida mudar quando um corpo de alpinista é encontrado na base de uma montanha rochosa íngreme.

Mesclando suspense, drama e um pouco de romance, essa produção policial conquistou a audiência, mas ficou de fora da disputa.

 

RRR

Outro longa internacional que estava cotado para disputar a categoria Melhor Filme Estrangeiro era o indiano RRR. Com aproximadamente três horas de duração, o filme arrebatou a audiência, mas não convenceu a Academia.

Para não falar que o filme não tem chances na premiação, ele ainda poderá ganhar uma estatueta na categoria Melhor Canção Original com Naatu Naatu.

 

Oscar 2023: quando acontece a premiação?

Quem quiser acompanhar a maior premiação do cinema, poderá assistir a cerimônia no dia 12 de março.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:


Compartilhe: https://tinyurl.com/2n4zwyzm