OverClock
Quinta, 25 de Abril de 2019

Twitter adicionará recurso contra fake news de eleições Quinta, 25 de Abril de 2019

Twitter adicionará recurso contra fake news de eleições

O Twitter está intensificando a luta contra a desinformação e manipulação de eleitores em sua plataforma. Depois de anunciar medidas contra o discurso de ódio, a rede social adicionou um recurso para que usuários possam denunciar mensagens falsas sobre processos eleitorais.

A novidade foi anunciada nesta quarta-feira (24) em uma postagem no blog do Twitter. A opção "[o tweet] é enganoso sobre as eleições" aparecerá quando o usuário tentar denunciar um tweet. Depois, será necessário informar ao Twitter como a mensagem está manipulando os eleitores.

De acordo com a rede social, a atualização tornará o processo de denunciar um tweet mais simples, além de direcionar a mensagem para a pessoa certa da equipe do Twitter Safety.

-
Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!
-

Twitter lançará nova opção para que usuários possam denunciar tweets enganosos sobre eleições. Imagem: Divulgação / Twitter

A política do Twitter proíbe que usuários usem a plataforma para manipular eleitores ou interferir nas eleições. A empresa detalhou alguns casos que violam essas regras: tweets contendo informações erradas sobre como votar ou como se registrar para votar e tweets dizendo que os usuários podem votar via mensagem de texto.

O novo recurso será lançado em 25 de abril na Índia e chegará quatro dias depois ao Reino Unido. Ambos os países enfrentarão disputas eleitorais em breve. O Twitter diz que a ferramenta será disponibilizada globalmente ao longo do ano – com preferência para os países que têm eleições programadas.

Em novembro do ano passado, o Twitter deu o primeiro passo para conter a manipulação na plataforma ao remover contas automatizadas que espalhavam desinformação sobre as eleições.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:


Compartilhe: http://tinyurl.com/y2k5bqb6