OverClock
Quinta, 25 de Abril de 2019

Bug do Windows 10 não instala atualização caso exista um pendrive conectado Quinta, 25 de Abril de 2019

Bug do Windows 10 não instala atualização caso exista um pendrive conectado

A nova grande atualização do Windows 10 tem garantido algumas dores de cabeça para os desenvolvedores da Microsoft, tanto que o lançamento oficial, que há tempos estava programado para abril, irá ocorrer apenas em maio. E tudo por causa de um problemas com as entradas USB/SD.

De acordo com a Microsoft, o bug que está impedindo a liberação da atualização como uma versão final é uma falha que impede a instalação da atualização caso um dispositivo de armazenamento USB (como pendrives e HDs externos) ou um cartão SD esteja conectado ao computador. Se for esse o caso, ao tentar instalar a atualização, o usuário se depara com uma mensagem de erro, que fala que o computador não possui o hardware necessário para a instalação do Windows 10.

Mensagem que aparece ao se tentar atualizar o Windows 10 com um dispositivo de armazenamento conectado às portas USB ou SD (Captura: PC World)

O problema é simples de ser corrigido pelo usuário: é só desconectar o cartão SD ou o pendrive/HD externo e executar novamente a atualização que ela será instalada sem problemas. Mas, ainda que a falha em si seja algo perfeitamente “solucionável” pelo próprio usuário, a raiz dela é algo que pode trazer alguns problemas caso não seja corrigida na versão final.

-
CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.
-

Isso porque esse comportamento está sendo criado por algo que a Microsoft chama de “reatribuição inapropriada de drivers”, que é uma mudança indevida de localização que a atualização está fazendo ao ser instalada em uma máquina. O que está acontecendo é que, durante a instalação, a atualização está modificando o “caminho” dos dispositivos do sistema — por exemplo, ao conectar um pendrive na porta USB antes da atualização, esse pendrive era definido pelo Windows como “drive G:” e, depois da atualização, o mesmo pendrive plugado na mesma porta USB passaria a ser considerado como “drive H:”.

Enquanto essa mudança acontece apenas para as portas externas (USB e SD) não é um grande problema: pode ser que alguns atalhos para acessar diretamente arquivos nesses dispositivos externos parem de funcionar, mas fora isso o funcionamento em nada é alterado. O problema é que os pesquisadores da Microsoft descobriram que essas mudanças também podem acontecer em endereços do HD interno (por exemplo, modificando a partição C para a letra F) e isso poderia causar problemas catastróficos, incluindo a perda de acesso a todos os arquivos e programas da máquina.

Por isso que os desenvolvedores da Microsoft estão adiando a atualização, pois liberá-la como está para o público em geral poderia fazer com que alguns usuários ficassem com as máquinas inutilizadas após a instalação. Atualmente, o beta da Atualização de Maio 2019 do Windows 10 já está disponível para os usuários que fazem parte do Windows Insider, mas ainda não há data específica para o lançamento da versão final.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:


Compartilhe: http://tinyurl.com/y5qs6zty